Uma das obras emblemáticas previstas para Penafiel, que vai criar um novo espaço cultural no coração da cidade, estará prestes a arrancar. O investimento no Ponto C – Cultura e Criatividade, que inclui um auditório com 400 lugares, ultrapassa os cinco milhões de euros e o contrato da empreitada já foi firmado.

A primeira pedra do Ponto C- Cultura e Criatividade foi lançada a 3 de Março de 2020 , nas comemorações dos 250 anos da cidade, com o autarca a antecipar que a obra podia arrancar até ao Verão. Mas só no final do ano foi assinado e publicado o contrato da empreitada orçada em 5.242.140,44 euros.

O projecto tinha sido apresentado no aniversário da cidade um ano antes, em Março de 2019. 

A obra está prevista para a antiga Quinta da Caturra, na zona de Puços, encosta voltada para o Cavalum. A meta, dizia na altura Antonino de Sousa, presidente da Câmara de Penafiel, é que o Ponto C seja “um pólo de referência no concelho e também na região do Tâmega e Sousa.

Além do auditório para espectáculos com capacidade para 400 pessoas, o projecto inclui uma sala polivalente, para eventos de menor dimensão, e uma nova praça multiusos, zonas verdes e um anfiteatro natural, para cultura e lazer ao ar livre. “Um ponto de encontro, de partilha da nossa cultura, e um palco para trazer a Penafiel e à região o melhor da criação artística do país e do mundo”, assim como um “ponto de partida para novas criações e um ponto de partilha para experiências artísticas”, referiu o autarca em 2019.